segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

EM URBANO SANTOS, CINCO ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS ESTÃO LIBERADAS PARA VENDER PELO PROGRAMA BOLSA ESCOLA (MAIS BOLSA FAMÍLIA)

Governo do Maranhão divulga lista de comércios habilitados a participar do ‘Bolsa Escola (Mais Bolsa Família)’. 

O Governo do Maranhão habilitou 659 estabelecimentos comerciais para a venda de material escolar, inclusive fardamentos e calçados, aos beneficiários do Bolsa Escola (Mais Bolsa Família). O programa vai beneficiar mais de 1 milhão de estudantes da rede pública de ensino com idades entre 4 e 17 anos. O recurso em cota única para a compra de material escolar pode ser usado a partir do próximo dia 10 janeiro e, à proporção que os cartões forem recebidos, e desbloqueados, os beneficiários terão 90 dias para realizar a compra dos produtos nos estabelecimentos credenciados pelo Governo do Estado.

Em Urbano Santos, 05 estabelecimentos comerciais estão aptos a realizarem a venda dos materiais escolares para as familiais dos estudantes da rede publica que foram cadastrados no programa, são eles;

  Os primeiros cartões de débito do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), com o qual os beneficiários farão a compra do material escolar, foram encaminhados nesta quarta-feira (30) para famílias contempladas dos 30 municípios maranhenses com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Segundo a secretária adjunta de Renda e de Cidadania da Sedes, e coordenadora estadual do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), Ana Gabriela Borges, durante o mês de janeiro os cartões chegarão aos beneficiários no endereço registrado no Cadastro Único (CadÚnico) – o cadastro de programas sociais do Governo Federal. “A Sedes vai  monitorar o processo de recebimento dos cartões e, caso em algum município o registro de recebimento esteja baixo, vai realizar ações conjuntas com os Correios, principalmente na zona rural desses municípios, para garantir que a entrega dos cartões seja efetivada de fato. Os cartões que os Correios não conseguirem entregar por algum motivo, permanecerão na empresa por 90 dias”, explicou Ana Gabriela Borges.

Para desbloquear o recurso, depois que receber o cartão, o beneficiário deve ligar para o número 0800 da Ouvidoria. O número completo será informado na carta que acompanha o cartão Bolsa Escola.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Atenção! Identifique-se para que os seus comentários sejam publicados; comentários abusivos, desrespeitosos e anônimos serão deletados. Nem tente.