quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS REALIZA ATO PÚBLICO EM URBANO SANTOS-MA.

Autoridades deram as mãos, mostrando que o magistrado maranhense, governos estadual e municipal, estão de mãos dadas na luta contra a violência

Na tarde desta segunda feira, dia 30 de novembro de 2015, no auditório do Centro Administrativo de Urbano Santos-MA a Associação do Magistrados do Maranhão, sob a presidência do juiz Gervásio Protásio realizou um ato público em repúdio ao bárbaro crime que vitimou a jovem Maisa Moreno, bem como aos atos de vandalismo que se sucederam no decorrer das investigações daquele crime.

Cerca de 25 de magistrados de diversas comarcas do Maranhão se fizeram presentes para darem apoio ao Dr. Samir Mohana, juiz titular da Comarca de Urbano Santos.

Prefeita Iracema, juiz Jamil Aguiar e advogado Hérlon Costa

Diversos outros segmentos se fizeram presentes no ato compondo a mesa, como a Prefeita Iracema Vale que mais uma vez mostrou a força de sua gestão, o Secretário de Segurança Pública Jeferson Portela,  Juiz de Chapadinha Cristiano Simas, Juiz Jamil Aguiar que é um filho ilustre de nossa cidade, e ainda o presidente do legislativo municipal vereador  José Raimundo Santos.


As dependências do auditório estavam lotadas de representantes de classe, como o delegado Geral Augusto Barros, o Delegado de Urbano Santos Márcio Almeida, o Sub comandante Geral da PMMA Coronel Ismael,  dezenas de advogados, representantes religiosos, vereadores de Urbano Santos, secretários municipais, conselheiros de gestão, Presidentes de sindicatos, conselheiros tutelares, presidentes de associações e comunidade em geral.

Dr. Samir Araújo Mohana Pinheiro
Em sua fala  o magistrado Samir Mohana informou aos presentes que o fórum da Comarca já está sendo reformado e será construída uma sala especial para depoimentos de crianças e adolescentes que receberá o nome Maisa Moreno.

Prefeita Iracema Vale 
Em continuidade a Prefeita Municipal Iracema Vale agradeceu a presteza do secretario estadual de segurança pública e informou que os prédios públicos municipais já estão sendo recuperados para continuarem atendendo regularmente a população de 33 mil habitantes da cidade de Urbano Santos, lugar bom de se viver.

 

2 comentários:

  1. Na verdade esses burocratas, só fizeram esse ato porque foram atingidos, e não por solidariedade a menina maisa, nenhum deles se dispôs em ver o estado de pobreza da família e propor algum tipo de ajuda, inclusive por eles.

    ResponderEliminar
  2. Na verdade esses burocratas, só fizeram esse ato porque foram atingidos, e não por solidariedade a menina maisa, nenhum deles se dispôs em ver o estado de pobreza da família e propor algum tipo de ajuda, inclusive por eles.

    ResponderEliminar

Atenção! Identifique-se para que os seus comentários sejam publicados; comentários abusivos, desrespeitosos e anônimos serão deletados. Nem tente.