segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

ADVOGADOS, ENTRE ELES MÁRCIO ENDLES, COMENTAM PROCESSO DE IMPEACHMENT CONTRA DILMA

O Estado – Há uma clara oposição entre o desejo popular e a opinião dos especialistas em direito político sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). O Estado ouviu especialistas sobre o tema, que domina o país há três semanas, e interpretou o desejo popular, que, naturalmente, é pelo afastamento da petista.

Nenhum dos advogados ouvidos arrisca opinar tecnicamente sobre o impeachment. Mas todos apontam a falta de fundamento jurídico. Em contrapartida, o anseio popular é pelo afastamento de Dilma.

Juridicamente, não há fundamento. Politicamente, a votação da comissão mostrou que o governo tem uma sobra de cerca de 30 votos”, opina o advogado Márcio Endles. A mesma opinião é cravada pelo advogado Carlos Eduardo Lula: “Não me parece ter fundamento. E nem apostaria, neste momento, numa queda. Não tem segurança jurídica”.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Atenção! Identifique-se para que os seus comentários sejam publicados; comentários abusivos, desrespeitosos e anônimos serão deletados. Nem tente.